quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Concurso "Escrever um conto, sorrir para a vida"





Na prossecução dos objectivos propostos pelos Plano Nacional de Leitura (PNL), Rede de Bibliotecas Escolares e Direção Geral da Saúde (DGS), fixados em protocolo próprio de que resultou o Projeto SOBE, Saúde Oral, Bibliotecas Escolares e contando com o privilégio de uma parceria ‘ad hoc’ com a Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), propõe-se, em 2015, a organização de um Concurso que, integrado nas celebrações do Dia Mundial da Saúde Oral e sob o mote Escrever um conto, sorrir para a vida, busque considerações criativas que ilustrem o significado e a pertinência de preocupações tão eficazmente concertadas.
Ao resultado desta iniciativa, que se há-de traduzir no apuramento de textos literários originais na área específica do ‘conto’, dar-se-á visibilidade e reconhecimento em cerimónia própria do Dia Mundial da Saúde Oral, 20 de Março de 2015, através do lançamento e distribuição de uma Antologia de Contos selecionados e organizados por um júri convidado para o efeito. 
Este é um desafio novo que remarca a fiabilidade das relações entre o saber e a saúde e se integra num conjunto mais vasto de estratégias de promoção do prazer e da alegria criativa e competente. É um desafio dirigido aos jovens alunos e aos seus mestres, à universidade e a todos os profissionais da saúde e do ensino, a todos os que lidam com as palavras e os sorrisos.

Ver regulamento aqui.

Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos




terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Comemoração do Dia Mundial dos Direitos Humanos

No próximo dia 10 de dezembro comemora-se o Dia Mundial dos Direitos Humanos. A Escola S/3 S. Pedro, celebra o dia com a participação na maratona de cartas promovida pela Amnistia Internacional. À semelhança dos anos anteriores, vamos participar nesta iniciativa e contribuir para que em 2014 o sucesso da atividade se mentenha. Se está interessado em participar, assine uma carta na Biblioteca Escolar.
 

Ver aqui o sucesso das iniciativas dos anos anteriores:

Comemoração do Dia Mundial dos Direitos Humanos

Participe na Maratona de Cartas, ajude a salvar vidas!

No último trimestre do ano, milhões de pessoas em todo o mundo assinaram cartas em prol de pessoas e comunidades em risco, com vista a combater violações de direitos humanos e melhorar as suas condições de vida .
À semelhança dos anos anteriores, a Escola S/3 S. Pedro junta-se a esta iniciativa e promove  na Biblioteca Escolar a Maratona de Cartas da Amnistia Internacional. Este ano estão sinalizados os casos de Moses Akatugba, mulheres da comunidade de Mkhondo, Liu Ping e Chelsea Manning. Junte-se a nós!
Moses Akatugba, Nigéria
Após 8 anos detido sem julgamento, Moses Akatugba foi condenado em 2013 à pena de morte por assalto à mão armada – um crime que nega ter cometido. À Amnistia Internacional, Moses contou que foi torturado: foi atado e suspenso do teto, tendo-lhe sido extraídas as unhas das mãos e dos pés. Foi depois forçado a assinar duas confissões previamente redigidas.

Mulheres da comunidade de Mkhondo, África do Sul
Grávidas e recém-mamãs estão a morrer na comunidade de Mkhondo, na África do Sul, por não terrem acesso a serviços de saúde pré-natal. A questão do acesso a cuidados médicos está também relacionada com o elevado risco de infecção pelo VIH SIDA e de gravidezes não planeadas. Mais de 10% das raparigas com menos de 18 anos estão grávidas.

Liu Ping, China
A ativista Liu Ping foi condenada a mais de 6 anos de prisão em 2014, como resultado da sua luta contra a corrupção. É um dos elementos do “Movimento dos Novos Cidadãos” uma rede de activistas pelos direitos humanos cujos membros têm sido perseguidos e detidos pelas autoridades chinesas. Foi torturada enquanto esteve detida.

Chelsea  Manning,  E.U.A.
Em  2013, Chelsea Manning, que então integrava o exército norte-americano, divulgou documentos confidenciais no site Wikileaks. A condenação foi de 35 anos de pena prisão. Algum do material que Manning publicitou indiciava possíveis e graves violações de direitos humanos e do direito internacional humanitário, cometidas pelos soldados norte-americanos, e pelas forças militares iraquianas e afegãs que combateram ao lado do exército dos E.U.A., bem como pela C.I.A., no contexto das operações de contra-terrorismo. 
Veja aqui as cartas em português que serão enviadas para as autoridades.
Todos juntos fazemos a diferença!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Restauração da Independência







Hoje assinala-se o Dia da Restauração da Independência que é a designação dada ao golpe de estado revolucionário ocorrido a 1 de dezembro de 1640.

Neste dia é relembrado a ação de quarenta fidalgos que a 1 de dezembro de 1640, invadiram o Paço Real e aclamaram D. João IV, duque de Bragança, como rei de Portugal.

Dia Mundial da Luta Contra a Sida




Esta data tem como objetivo alertar as populações para a necessidade de prevenção e de precaução contra o vírus da Sida e tentar lembrar todas as vítimas que faleceram ou que estão infetadas com a doença.

O vírus da Sida ataca os sistemas sanguíneos e imunológicos do doente. Esta epidemia já matou mais de 30 milhões de pessoas em todo o Mundo. A África é o continente onde a Sida tem feito mais vítimas. As formas de contágio são: relações sexuais; contacto com sangue infetado; de mãe para filho, durante a gravidez, parto ou amamentação.



  



A IMPORTÂNCIA DA LEITURA

Seguidores